Comércio e vendas: 5 motivos para comemorar a Semana do Comerciante

comércio

O comércio é um setor importante para a economia do país.

Ele é um dos setores de maior geração e distribuição de renda seja por meio de lojas, empresas, turismo, lazer, educação, atividades autônomas, entre outras.

Nesta semana, comemorou-se, em 16 de julho, o Dia do Comerciante e, apesar, de muitos estabelecimentos não lembrarem da data, há motivos para comemoração.

Comércio Brasileiro

Isso porque, o setor de comércio no Brasil é muito dinâmico e se sai bem, inclusive, em momentos mais tempestuosos.

De acordo com informações do Fecomercio, o comércio é um dos setores que menos sofre em períodos de crise econômica:

porque o consumidor consegue ter um jogo de cintura capaz de substituir os produtos de primeira linha por outros mais em conta. Veja mais aqui.

Além disso, outro dado interessante é que quando o assunto é comércio atacadista, este, por sua vez, fica responsável por:

53,6% da movimentação do setor mercearil.

Isso significa que mais da metade do setor composto por itens de consumo básico como alimentos, bebidas, limpeza, higiene e cuidados pessoais é de alcance do comércio.

Comércio e vendas: aliança que dá certo

Se expandirmos para uma análise sobre o comércio online também temos dados interessantes, inclusive para pequenos comerciantes.

Segundo dados divulgados pela Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae Nacional, “os pequenos negócios representam 75% de todas as lojas virtuais do Brasil.

Entre as empresas de e-commerce puro (sem loja física), os pequenos negócios representam 90% desse mercado”.

De acordo ainda com a instituição vinculada ao Sebrae, no ano de  2016, mais da metade dos negócios

  • operava com lucro (51%)
  • 28% sem prejuízo ou lucro
  • 21% com prejuízo.

E lucro tem a ver com vendas.

Confira, a seguir, 5 motivos recentes que mostram que vendas e comércio andam juntos e rumam para cenários mais otimistas:

1. Varejo paulista

Resultado de imagem para mercado

Segundo a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), as vendas do varejo na capital paulista registraram alta de 2,8% na primeira quinzena de julho de 2018.

Isso quando comparadas ao mesmo período de 2017.

2) Exportações

Resultado de imagem para laranja exportacao

De acordo com dados da Secex (Secretaria de Comércio Exterior) o Brasil bateu recorde de venda de suco de laranja no mercado internacional.

Foram 1,15 milhão de toneladas de suco da laranja vendidos lá fora.

Um grande comprador é o Estados Unidos.

3) Vendas de carros

Resultado de imagem para carros pcd

No primeiro semestre de 2018, houve um recorde de vendas de carros para pessoas com deficiência.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria, Comércio e Serviços de Tecnologia Assistiva (Abridef) foram:

187 mil automóveis foram vendidos.

Este dado representa quase o total de vendas do ano de 2017.

4) Minério de ferro

comércio

A empresa Vale divulgou que bateu recordes de vendas no segundo trimestre de 2018 ao vender 73,29 milhões de toneladas de minério de ferro e pelotas.

Em tempos de recuperação o comércio e as vendas são grandes aliados da retomada econômica positiva.

Você também trabalha com vendas neste setor?

Conta para gente suas impressões a respeito do seu trabalho com comércio e vendas.

Deixa aqui embaixo que vamos adorar saber sobre o que você tem a dizer.

Abraço,

Sucesso e ótimas vendas!

 

Imagens:

Pixabay

Reprodução

Comentários


Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *