5 dicas de vendas para partir para o ataque no início do mês

Suas vendas não foram tão boas como você gostaria no último mês, não é?

Prazos complicados de cumprir, visitas em vão e clientes com aquele velho “depois eu te ligo” na ponta da língua.

Quando se é o centroavante da equipe de vendas lidar com objeções é regra clara: você deve buscar oportunidades de gol a todo momento.

Um vez bem posicionado no centro da linha de ataque, disposto a se movimentar para todos os lados para prospectar clientes, não tem erro.

Ou até mesmo disposto a segurar a bola quando você mal apresentou a proposta e o cliente já vem pedindo desconto.

Ser vendedor é isso, correr em campo sem se preocupar com a ajeitadinha do meião quando a bola da vez está com você.

Mas se você se considera bem posicionado, pronto para o ataque, mas os resultados não vêm mesmo quando você está na cara do gol, eu te digo: isso é falta de PLANEJAMENTO.

Por isso, antes que você sofra mais um 7×1 e se veja perdido dentro de campo mais uma vez, eu deixo para você 5 DICAS DE VENDAS para você repensar o modo como está jogando, ou melhor, vendendo.

1- VENDAS NÃO É FAVOR, É TRABALHO SÉRIO

Primeiro de tudo: esqueça se você acha que está fazendo um favor ou quebrando o galho de alguém ao vender seu produto.

Pelo contrário, é você que está ajudando seu cliente e ajudando sua equipe a vender ainda mais.

Tenha orgulho de ser vendedor e comece seu mês com essa postura mais segura e corajosa.

2- TEMPO É DINHEIRO, NÃO O PERCA À TOA

As desculpas dos seus clientes vão ser inúmeras ao longo do mês.

Como, afinal, saber ou não se aquele cliente vai fechar venda com você?

Primeiro, você não é obrigado a vender para todo mundo, mas é obrigado a vender para quem dá lucro.

Filtre essas pessoas e se ainda assim elas rejeitarem sua proposta verbalize a sua compreensão.

Aproxime-se dizendo que compreende, mas seja um questionador de mão cheia.

Pergunte mesmo, sem medo, o que impede ele ou ela de fechar a venda.

Identifique os obstáculos que o cliente está pondo e tente solucioná-los

3 – NÃO SEJA CHATO, PERSISTÊNCIA NÃO É AMOLAÇÃO

Não ligue demais, não lote a caixa de e-mail, não seja arrogante muitos menos inconveniente. Persistência é utilizar de todos os recursos que você tem.

Não é ser desagradável, porque isso só vai afastar a sua clientela e fazer que você seja titulado como o vendedor chato.

Não vai demorar muito para que seu número entre na lista de bloqueados do seu cliente.

Para contornar essa situação, só finalize a venda quando você tem certeza que fez tudo que podia para que seu cliente aderisse ao seu produto ou serviço. 

Leve conhecimento da sua experiência, do contrário, as tentativas terão sido em vão.

Vrt GIFs - Find & Share on GIPHY

4- MEÇA A TEMPERATURA DA VENDA

Calma, não se trata de usar um termômetro, tampouco pedir um para o seu cliente.

Aqui é o momento de identificar se o seu cliente mente pra você ou não.

Quando ele diz, por exemplo, que precisa confirmar a venda com o sócio ou com algum superior, pergunte se 50% da venda ja está fechada por ele.

De uma escala de 0 a 5 e pergunte quais são as chances dele fechar negócio com você.

Seja leve. Dificilmente um cliente vai conseguir mentir em situações assim.

Se os índices forem bons é nesse cliente que estão suas chances rumo a sua meta de fim de mês – o grande gol.

Gol GIFs - Find & Share on GIPHY

5 – TENHA ENTUSIASMO, NÃO DESVENDA SEU PRODUTO

Você mesmo, vendedor, já deve ter passado por uma situação assim enquanto consumidor:

chegou em uma loja com aquela vontade de comprar um produto, mas o vendedor ou a vendedora, tão inexpressivos fizeram você desistir da compra.

Não seja assim!

Nada é tão motivador quanto o entusiasmo de um vendedor com o produto que está vendendo.

Seja otimista, tenha emoção ao vender o seu produto ou serviço e transmita aquilo que acredita para o cliente.

Para que ele se convença que ao escolher algo com você, não está fazendo nada mais e nada menos do que a escolha CERTA.

Happy GIFs - Find & Share on GIPHY

Sucesso de ótimas vendas!

Abraço

Thiago Concer

 

Crédito imagens: Pixabay