Fala meu parceiro, minha parceira! Tudo bem? Alguma vez você já ouviu falar de soft skills e hard skills? É um assunto que está cada vez mais em alta, seja na contratação de novos funcionários ou apenas para aprimoramento pessoal.

Basicamente, skills são habilidades. Antigamente, muito se procurava pelas hard skills em profissionais para fazerem parte da sua equipe, ou seja, os conhecimentos práticos, que podem ser aprendidos.

Mas nos últimos anos, isso mudou. Agora, as soft skills estão em alta, e são mais relacionadas às aptidões pessoais e comportamentais. 

Afinal, não acreditamos mais na lenda que um bom vendedor tem um dom, não é mesmo? Sabemos que não é assim que a vida acontece na prática e, o ideal, é sempre estar atrás de novos conhecimentos. E é aqui que entram as soft e hard skills.

Então hoje vamos falar mais sobre o que é soft skills e hard skills, as diferenças entre elas e exemplos de habilidades que todo vendedor monstro deve ter! Ficou interessado? Então acompanhe essa leitura.

O que é soft skills e hard skills?

Esses termos americanos ganharam evidência nos últimos anos e têm sido cada vez mais utilizados por recrutadores e gestores de Recursos Humanos. 

Mas mesmo nós, que não somos dessa área, podemos aprender muito com esses conceitos e, principalmente, aprimorar as nossas próprias habilidades.

Afinal, sempre falei sobre a importância em nunca deixar de aprender. Ser acomodado com os seus conhecimentos não é uma característica de um vendedor monstro! Pelo contrário, estamos sempre procurando por novas dicas para vender mais, não é?

Então vamos entender um pouco mais sobre cada um desses termos e encontrar exemplos de hard skills e soft skills e como você pode aplicá-los no seu dia a dia.

O que são hard skills?

Por muitos anos, as hard skills foram as características que os recrutadores sempre buscaram ao procurar alguém para fazer parte da equipe. Basicamente, elas podem ser caracterizadas como as habilidades profissionais que são facilmente mensuradas.

O que isso significa? Bom, as hard skills são aquelas capacitações técnicas que podem ser comprovadas através de certificações, diplomas, testes práticos ou até mesmo provas. 

Mais do que isso, as hard skills podem ser facilmente aprendidas. São aquelas competências técnicas que temos conhecimento na sala de aula, em cursos e treinamentos. E por serem habilidades de fácil mensuração, normalmente são as que encontramos nos currículos ou que ouvimos ressaltar em entrevistas.

Então, quais são os principais exemplos de hard skills?

  • Proficiência em línguas estrangeiras;
  • Graduação, pós-graduação, mestrado;
  • Cursos técnicos;
  • Conhecimento técnico sobre ferramentas e máquinas;
  • Habilidades em informática.

A verdade é que sem correr atrás de conhecimento, não conseguimos ser um bom vendedor. Já falei sobre isso antes.

Mas e para ser um vendedor monstro? Por quais hard skills você deve procurar?

1. Conhecimento sobre o produto

Bom, a primeira hard skill que devemos falar é uma das mais importantes na área de vendas. Afinal, como você vai fazer o cliente se atrair pelo produto que você vende, se não conhecer a fundo cada detalhe dele?

Além da dificuldade durante a própria negociação, ainda corre-se o risco de vender o produto sem explicar ao cliente os detalhes que ele precisa saber. 

Ou seja, o primeiro passo é sempre ter um bom conhecimento sobre os produtos ou serviços que vende. Essa é a principal maneira de contornar objeções e fechar negócios.

2. Comunicação escrita e verbal

Comunicar-se bem, seja na forma escrita ou verbal, é uma das principais características que buscamos em um vendedor monstro.

Isso porque, além dessa ser uma das suas principais ferramentas de trabalho, você também precisa passar credibilidade ao cliente. 

3. Técnicas de persuasão 

Um vendedor de alta performance precisa conhecer bem as principais metodologias de vendas. E uma das principais são as técnicas de persuasão.

Aqui, temos a importância em saber convencer o seu potencial cliente do que você está oferecendo. Isso inclui os gatilhos mentais e os principais para você usar nas vendas são:

  • Escassez;
  • Urgência;
  • Reciprocidade;
  • Autoridade.

Leia também: 9 exemplos de gatilhos mentais para você adotar na sua empresa

4. Saber usar CRM

Apesar de muitos ainda terem ressalvas no uso de ferramentas como CRM, a verdade é que eles estão aqui para nos ajudar. Afinal, registrar e organizar todos os seus contatos pode fazer uma grande diferença.

Como já contei antes, aumentei minhas vendas em 40% apenas com uso do CRM.

Você também pode usar planilhas para organizar essas informações, mas cada vez mais as empresas estão preferindo softwares como CRM para reter os dados e métricas em apenas um lugar. Além, é claro, da otimização de todo o trabalho.

E se você quer continuar aprendendo, tenho uma dica para você: o meu livro Vendas não ocorrem por acaso é um guia completo para equipe comercial que quer se destacar, tem sede de conhecimento e tem o objetivo de ser um vendedor monstro!

O que são soft skills?

Agora, vamos entender o que são soft skills e, com isso, você vai conseguir visualizar melhor quais são as principais diferenças entre as duas. 

Diferente das hard skills, as soft skills são mais difíceis de serem mensuradas. Isso porque caracterizam-se por habilidades pessoais e comportamentais, que não podem ser comprovadas através de diplomas ou certificados.

Cada vez mais as empresas estão olhando para essas habilidades, porque está ligado à capacidade que um profissional tem em lidar com fatores emocionais.

Isso significa que os recrutadores não procuram mais por alguém que tenha apenas os conhecimentos técnicos sobre a área, mas também que tenha inteligência emocional e saiba lidar positivamente com situações adversas. 

Então, quais são as principais soft skills que um vendedor monstro deve ter?

1. Escuta ativa

A escuta ativa é uma das habilidades mais importantes para qualquer profissional, mas principalmente para quem quer se destacar nas vendas. Caracteriza-se, basicamente, em saber ouvir.

Você deve deixar o seu potencial cliente à vontade para compartilhar suas dores e inseguranças. Afinal, ouvir o que os compradores têm a dizer é a principal maneira de conseguir oferecer aquilo que eles precisam.

2. Colaboratividade

Cada vez mais estamos percebendo a importância do trabalho em equipe e essa pode ser considerada uma das principais soft skills. Isso porque a colaboratividade envolve saber trabalhar com o outro, ouvi-los e acompanhá-los em diferentes etapas do processo.

A colaboratividade entre equipes de marketing e vendas, por exemplo, é essencial para que uma empresa seja bem-sucedida.

3. Coachability

Já falamos sobre a importância em ouvir, mas e sobre o desafio que é implementar os feedbacks recebidos? 

Feedbacks positivos são uma das principais maneiras de aprender e se destacar. Mas a verdade é que não são todos que conseguem implementá-los no seu dia a dia e crescer com isso.

4. Resiliência

Um dos grandes segredos de um vendedor é ter resiliência e saber se recuperar da rejeição. Afinal, isso também faz parte do trabalho.

Nós, da área de vendas, sabemos bem que existem dias bons e ruins. E precisamos manter a energia lá no alto em todos eles.

Ser resiliente significa continuar com atitudes positivas, mesmo após perder uma venda. Isso porque os fracassos também podem ser considerados aprendizados, não é mesmo?

Como desenvolver essas habilidades?

A principal diferença entre hard skills e soft skills está na capacidade de comprovar essas habilidades. Mas ao contrário do que muitos pensam, as duas podem ser desenvolvidas.

E, afinal, é o encontro desses dois conjuntos de habilidades, tanto das soft skills quanto das hard skills, que faz um grande profissional e, principalmente, um vendedor monstro!

E como desenvolvê-las? A minha principal dica é não se contentar com o conhecimento que você já tem e sempre correr atrás de mais. 

Com o livro Vendas não ocorrem por acaso você vai aprender, na prática, a estruturar um processo de vendas. Por meio desses passos, será quase impossível perder uma boa oportunidade de negócios. Adquira já o seu.

E se você quer fazer parte de um clube de monstros, não podemos esquecer do Sales Club. São 8 módulos com acesso vitalício e aulas com os grandes mestres de venda para te deixar na frente dos concorrentes!

Se você quer crescer e se destacar cada vez mais, então não perca essas oportunidades!