4 dicas práticas para trabalhar vendas nas redes sociais

vendas nas redes sociais

O que você vai encontrar nesse texto sobre trabalhar vendas nas redes sociais:

 

 

 

 

80% das empresas entenderam a mudança de hábito dos seus consumidores e começaram a vender na internet. Se você bateu o olho no título desse artigo e decidiu que era para você, é óbvio que você entende que é necessário essa adaptação e que se sua empresa não estiver nas redes sociais suas portas podem não ficar abertas por muito tempo, certo?

A questão aqui é que tem muito gestor que fica com o pé atrás “Ah, mas será que é importante?” ou “Mas é tão burocrático, meu time de vendas vai ficar mais perdido que cego em tiroteio”. Com esse texto eu vou te mostrar todo o caminho para ampliar seu negócio e trabalhar vendas nas redes sociais, de forma simples e rápida.

Por que eu deveria começar a vender pela tela de um dispositivo?

Dê uma olhada nesse infográfico e você descobrirá a resposta logo de cara.

O brasileiro está em 1° no ranking de quem passa mais tempo conectado na internet. Ou seja, você também precisa estar lá, bem debaixo dos olhos dele.

E só para você entender o nível desse mercado, as pessoas não estão ali somente por lazer ou para entreter a mente depois de horas de trabalho. Elas realmente procuram por soluções mais baratas e de fácil acesso na internet.

Sua empresa precisa abocanhar essa fatia de público-alvo que existe e que você não conseguiu atingir com o offline. E se você não conseguiu fisgar a atenção desses clientes, não é por incompetência, mas por dois motivos específicos:

1 – A pessoa pode não ter muito tempo livre para procurar o seu produto em lojas físicas. Portanto, acaba fazendo pedidos em lojas online;

2 – Muitas vezes na internet os produtos são vendidos mais baratos, especialmente porque existe ainda uma quantidade significativa de pessoas que tem o pé atrás com o comprometimento com a entrega e o preço é um bônus para a tomada de decisão de compra.

Então, você pode fazer promoção, pode mudar seu ponto de venda, renovar a equipe de vendedores… que nada será o suficiente para aumentar sua carteira de clientes. O que você realmente precisa fazer é colocar seu time para estudar vendas online e começar já um trabalho de marketing na internet.

Abandonar as vendas olho no olho ou trabalhar com os dois simultaneamente?

Apesar de ter crescido muito o faturamento com vendas online durante os últimos anos, ainda existe um consumo muito grande das vendas presenciais.

Seu eu dissesse para meu avô que as pessoas estão confiando em um dispositivo móvel para comprar um aparelho eletrodoméstico novo para casa, ele acharia um absurdo. Porque esse é o mindset dos millennials. Pessoas que estão nesse mundo há muito tempo dificilmente vão trocar a prosa com o vendedor por algo automático na frente de um computador ou celular.

Então, é necessário que você complemente as duas coisas, meu amigo. Até porque tudo depende do seu nicho de mercado, do produto que você vende e do seu público-alvo.

Porque se você tiver um e-commerce que vende panela, seu consumidor não precisa nem ter contato direto com seus vendedores. Ele coloca o produto no carrinho, realiza o pagamento, você recebe a notificação e envia o produto.

Agora, se você vende algo como um curso presencial, provavelmente o Marketing vai trabalhar sua imagem online, mas as vendas oficialmente vão ocorrer por Whats ou telefone. E aí é que entra o trabalho dos seus vendedores.

Deu para entender que não dá para deixar as vendas presenciais de lado?

4 dicas práticas para trabalhar vendas nas redes sociais

As pessoas acham que é uma dor de cabeça gigantesca trabalhar vendas nas redes sociais. Eu vou te mostrar que é mais fácil do que você imagina. Se você é um gestor de vendas ou o próprio vendedor que está acostumado com outro tipo de ferramenta de trabalho, será necessário um empurrãozinho de um profissional de Marketing. Veja abaixo como ampliar as vendas nas redes sociais:

1 – Dê a direção do seu PCI

A maior parte do trabalho de vendas nas redes sociais será de Marketing. Então você não vai precisar colocar tanto a mão na massa. Porém, quando você começar a vender online, você começará da estaca zero.

E claro que você, gestor de vendas e vendedor, conhece quem é o seu cliente, as soluções que seu produto oferece, quais as principais objeções, qual a dor desse cara… e tudo isso você precisa compartilhar para que as estratégias digitais sejam assertivas.

Ainda que seu público offline não seja o mesmo que o online, já é uma breve direção por onde as campanhas, promoções e divulgações poderão caminhar.

2 – Facebook e Instagram te dão uma ajudinha

O Mark Zuckerberg deixou há muito tempo de pensar dentro da caixinha do entretenimento. Hoje, ele transformou suas redes sociais em palco de vendas. E a cada dia eles adaptam ainda mais as ferramentas para que empresas tenham um desempenho eficiente dentro das suas plataformas.

E todos têm abraçado isso de forma eficiente. Quando um cliente vê a postagem de um guarda-roupa na promoção, certamente ele vai direto ao inbox ou direct perguntar o preço. Nada de telefone ou procurar o endereço da loja. Em menos de 4 segundos você digitou “quanto custa?” e enviou para a página. Assim, basta esperar uma resposta.

E aí entra o papel de um bom social media ou customer success que tenha contato direto com o vendedor e saiba fazer o intermédio entre o Marketing e o vendedor.

3 – Você precisa entender o percurso completo!

No começo do mês, quando você planeja toda sua rotina de trabalho, você pensa no funil de vendas, certo?

“Em determinado dia farei a primeira ligação. Não atendeu? Eu deixo uma mensagem de voz avisando que vou retornar novamente em outro período. Se mesmo a segunda tentativa for falha, mando um e-mail relatando a dificuldade do contato e avisando que estou a disposição.”

Esse é mais ou menos o desenho do caminho das vendas offline. E na online não será muito diferente. O lead primeiro engaja com o seu produto, demonstra interesse, cai em uma página de vendas onde ele precisa preencher os dados dele e possivelmente esperar o contato.

Mas você precisa entender a estratégia que o Marketing pensou e como esse lead vai chegar até você. Para que assim, seu time de vendas saiba atuar com ele de forma assertiva.

Porque às vezes o cara preencheu sua página de vendas sem saber 100% se essa era a melhor escolha. E aí seu comercial precisa executar um trabalho mais forte e direcionado.

4 – Não dê mais tiros no escuro!

Um ponto positivo das vendas online é que quando o lead cai no colo do vendedor, significa que ele tem ao menos uma pontinha de interesse e tem grandes chances de ser o PCI que você procura.

É muito mais complexo atender um cliente que não conhece nem a sua própria dor, não sabe que tem um problema de fato e nunca ouviu falar no seu produto. Até porque tem pessoas que entram na loja realmente para “dar uma olhadinha” e passar o tempo. Então, você pode dedicar um esforço gigantesco e ainda colher o “não”.

Agora, com todo o trabalho de Marketing, esse lead já conhece o seu produto e o que ele oferece. Então é meio caminho andado. E mesmo que ele diga não logo de cara, ele pode ser alimentado até que compre de você.

Descubra quais redes sociais são mais lucrativas para o seu negócio

A grande questão é: Qual rede social trabalhar? Ou é melhor testar todos os canais de comunicação?

A resposta é bem clara: Teste. Por mais que você saiba que seus clientes são 90% homens, entre 30 a 50 anos, você não tem como comprovar que esse PCI está em sua maioria no Facebook, especificamente.

Tem espaço para o seu público em todas as redes sociais. Porém algumas irão converter em maior quantidade e outras em menores.

Primeiro é interessante se basear nos dados que já existem de pessoas que compraram o seu produto nos últimos anos. Porém após alguns meses de investimento você terá suas próprias métricas e entender se é melhor dedicar maiores esforços ao Instagram, Facebook, YouTube ou LinkedIn.

Mas lembre-se: O marketing e as vendas precisam estar alinhados nesse assunto. Porque por mais que o Marketing saiba gatilhos mentais, iscas de vendas, não é o papel dele conseguir o SIM. Ele precisa ter ao lado alguém que realmente saiba fazer uma boa abordagem e apresentação para o lead que ele converteu, para que assim os dois trabalhos se complementem.

Agora que você já sabe o que fazer para dar o pontapé inicial das vendas nas redes sociais, quero que você dedique a atenção a esse ebook: 6 atitudes de sucesso. Aposto que vai ser muito importante para que você, gestor ou vendedor, consiga se atualizar no mercado e esteja pronto para dar passos largos perante ao sucesso. Estou disponibilizando esse conteúdo gratuitamente, clique na imagem e faça o download.