Como criar dinâmicas de grupo que aumentam em até 70% a produtividade do seu time?

O que você vai aprender nesse texto sobre como criar dinâmicas de grupo:

Há dois momentos cruciais para que um gestor de RH ou de vendas promova dinâmicas de grupo em uma empresa. Quando o time está indo muito bem e quando o time tem falhado repetidas vezes.

“Nossa, Thiago, mas o time tem ido bem, por que promover esse tipo de atividade?”. Simples! Quando um vendedor só tem recebido elogios, bate todas as metas, o que acontece? O cara simplesmente entra no automático porque não enxerga nada para alcançar acima do que ele já tem feito.

O outro momento é quando seu time perde 1, 5, 10 vendas em um mês e você sabe que é por erros de amadores. Nesse caso, é importante para relembrar coisas óbvias sobre vendas mas que pelas frustrações do dia a dia acabam ficando guardadas às 7 chaves dentro da mente deste vendedor.

Esqueça tudo que você já viu ou ouviu sobre dinâmicas de grupo. Esse texto irá mudar COMPLETAMENTE a sua concepção sobre esse assunto, vou te ensinar a criar dinâmicas de grupo que realmente geram resultados, aumentam a lucratividade de uma equipe e a motivação de trabalhar dentro da sua empresa.

O que o trabalho em grupo tem tanto a oferecer no mercado das vendas?

Você deve estar cansado de ouvir profissionais afirmando por aí a importância do trabalho em grupo, certo? E é mais do que óbvio que lidar com outro ser humano, te faz passar por transformações básicas, como:

  • Ser mais compreensivo;
  • Te mostra uma realidade além do seu próprio umbigo e;
  • Faz você entender a função de cada profissional dentro de uma empresa.

Porém, como o trabalho em grupo pode ajudar especificamente em vendas? Calma, já vamos chegar lá! Apesar desse mercado ser bastante competitivo, e ser necessário essa competição, a equipe precisa estar alinhada e falar a mesma língua.

Imagina a seguinte situação: o vendedor “A” dá um desconto de R$50,00 para um cliente e ele diz que vai pensar. No dia seguinte ele volta, o vendedor “B” atende e diz que em hipótese alguma o gestor liberaria um desconto desse nível. Seria uma confusão danada, né? Pronto, aí está a resposta!

São em ocasiões como essas que trabalhar em equipe é imprescindível. Claro que a venda em si é individual, mas todos que estão ali, na linha de frente, precisam estar cientes do trabalho do colega, dos resultados alcançados, dos clientes que ele já manteve contato e assim por diante para que caminhe de forma próspera.

Agora, se os vendedores assumem uma posição tão competitiva e egoísta ao ponto de querer esconder sua lista de contato com medo do colega fazer um intermédio ou  não querer mostrar seus resultados nas reuniões semanais, por exemplo, torna o ambiente insustentável e aí não tem gestor que consiga reverter a situação.

Como criar dinâmicas de grupo que aumentem a produtividade do seu time

Comentamos que há dois momentos distintos para que um superior promova uma dinâmica de grupo, quando os resultados estão em alta e quando as falhas passam a ser maiores que acertos. Tudo bem até aí?

Portanto, agora o que você precisa entender é porque fazer isso e qual a melhor forma de promover dinâmicas para que elas não sejam mais uma atividade “chata” que o gestor propôs para passar o tempo.

Assim, se uma equipe não busca entregar algo a mais porque já bate a meta, eles precisam de um empurrãozinho para enxergar que existem outros trilhões de obstáculos a serem ultrapassados até chegar no topo.

E como é possível fazer isso? Reúna a galera, fale para um determinado vendedor: “30 minutos para me vender um cruzeiro de R$15 mil reais”. Claro que todos ficarão assustados, mas tentarão ao menos realizar o que está pedindo. Isso é somente uma hipótese, a ideia é jogar no colo deles uma batata muito quente, que seja quase impossível de resolver.

Porque somente assim eles vão enxergar que não estão nem na metade do caminho, sempre dá pra melhorar.

“Mas e no processo inverso, quando meu time está falhando muito?”. É o mesmo esquema, tenta entender o porque eles estão falhando. É na prospecção? Na abordagem? Independente de qual fase do funil for, peça para que eles também solucionem um case. Mas dessa vez algo bem mais simples do que o anterior.

E aí é sem dar moleza ou passar a mão na cabeça. Porque, consequentemente, você acaba relembrando coisas básicas sem precisar parecer que está querendo ensinar o óbvio da teoria de vendas.

Então, se você quer criar uma dinâmica de grupo que realmente dê resultado e aumente a lucratividade da sua equipe de vendas, descubra onde está o gargalo.

03 exemplos de dinâmicas de grupo que são diferentes de tudo que você já viu em processos seletivos por aí

A maioria das vezes que você vai participar de um processo seletivo, uma das fases é a “dinâmica de grupo”. Todo mundo já espera por aquelas apresentações ou gincanas onde um tem que falar percepções sobre o outro. Isso é realmente válido? Em algumas situações sim, em grande parte não, mas você só saberá isso se entender as necessidades da sua equipe. Por isso, vou dar aqui 03 exemplos de dinâmicas em grupo que você nunca viu para servir de inspiração para que você mesmo possa criar as dinâmicas de grupo da sua equipe.

1 – Eu sei como consertar o seu erro!

Essa dinâmica é útil tanto para entrosamento de equipe como para solucionar falhas frequentes dentro da equipe.

Peça para que seu time, individualmente, escreva em anônimo um dos maiores erros cometidos em vendas nos últimos 3 meses. Recolha os papéis e depois redistribua de forma aleatória entre todos os vendedores. Peça para que cada um leia o erro e diga como seria possível contornar a situação.

Com certeza sairá respostas bastante interessantes. E, dessa forma, fará com que os vendedores enxerguem um nos outros, alguém que realmente possa ajudá-lo a não cometer determinados erros básicos.

2 – Fale por você!  

Essa dinâmica é bastante rápida, porém é mais interessante ser aplicada quando a comunicação dentro da equipe não está funcionando como deveria.

Divida os seus vendedores em equipes de quatro pessoas. Selecione a planta de uma casa e mostre de forma conjunta somente uma única vez para o grupo. Posteriormente, peça para que cada membros desenhe um cômodo de uma casa. Por exemplo, vendedor A desenha o quarto, vendedor B a cozinha, o C a sala e o D o banheiro.

Quando todos estiverem com seus desenhos prontos, tente unir esses cômodos dentro da planta. Há grandes chances do resultado ser bastante ruim. Afinal um desenhará um quarto muito grande, uma sala desproporcional e um banheiro que não encaixa nos moldes da planta. E esse é o momento de enfatizar que mesmo sabendo as regras do jogo, ninguém pensa igual. Somente saberá o que cada um está fazendo dentro período comercial, se fizerem relatórios, se utilizarem um meio de comunicação interna e estarem realmente atentos a tudo, o tempo todo.

3 – Você vende aquilo que você acredita!

Chegou o momento de provar para sua equipe que você só compra o que você acredita. Peça para que cada um dos vendedores escreva em um papel coisas completamente absurdas e que nunca comprariam na vida.

Redistribua os papéis e peça para que cada um faça toda a campanha de Marketing até ao fechamento. Crie slogan, pense em como seria o layout, uma chamada de vendas matadora, como seria o primeiro contato com o cliente, como chamar a atenção dele e assim sucessivamente por todas as etapas de Marketing e Vendas até alcançar o sim.

Dessa forma, além de entender o trabalho do Marketing para fazer com que os leads cheguem na sua mão de forma qualificada e alinhado ao que você precisa, o vendedor entende que ninguém consegue vender realmente um número significativo de produtos daquilo que não compraria ou acredita no potencial.

Agora que você já sabe como criar dinâmicas de grupo que realmente podem aumentar as vendas da sua equipe e eliminar qualquer gargalo, é hora de dedicar alguns minutos para esse ebook totalmente gratuito. “6 atitudes de sucesso na visão dos vendedores”, é o conteúdo que te espera. Clique na imagem e faça o download automaticamente: