Fala meu amigo, fala minha amiga! Sabemos que aumentar as vendas e o faturamento da empresa é o principal objetivo de todo varejista. Mas, o ponto é: como traçar o plano perfeito, tirar as ideias do papel e alcançar esse propósito? 

Fique comigo e confira neste artigo as 7 melhores dicas de vendas no varejo.

7 melhores dicas de vendas para o mercado varejista

1. Digitalize-se

Considere a nossa vida louca do século XXI, antes da pandemia, correndo pra lá e pra cá: visitar clientes, almoçar com fornecedores, deixar as crianças na escola, voltar para o escritório com duas reuniões à tarde…  Você consegue imaginar o que seria do comércio e do mundo sem a internet? Não, né? Nem eu.

Enxergue as possibilidades com o e-commerce, logística e redes sociais. Com o aumento das vendas online, desde março, o comércio virtual cresceu exponencialmente e, com isso, a área de logística foi incorporada, quase que de forma obrigatória, nas empresas. 

Lembra daquele ditado: quem não é visto, não é lembrado? Pois é. O varejista que optar por não fazer parte do mundo digital corre o risco de não ser lembrado e, consequentemente, fazer menos vendas do que o concorrente que tem seu site de vendas e perfis ativos nas redes sociais.

2. Faça networking

Tenha em mente que mais importante do que conhecer muitas pessoas, é primordial conhecer as pessoas certas. Por isso, o networking prioriza a troca de experiências e o compartilhamento de ideias no seu setor de atuação. 

A comunicação abre portas e facilita a indicação de produtos ou serviços. Interaja com pessoas que, de alguma forma, possam acrescentar na sua carreira profissional e pessoal.

Saiba que uma das bases para o networking acontecer é o diálogo entre as partes. Portanto, deixe a timidez de lado e saiba identificar o melhor momento para “pedir ajuda” sem parecer intrometido. 

Estabelecer contato com pessoas e empresas pelo Linkedin também pode facilitar, e muito. Além disso, use o calendário de eventos da sua área para se movimentar e conhecer novas pessoas.

3. Aproveite as datas comemorativas

Estude as datas comemorativas e desenvolva, ao longo do calendário, estratégias que podem movimentar, ainda mais, a sua marca. Por exemplo: Natal, Dia das Crianças, Dia dos Pais e das Mães.

Meu amigo, jogo rápido, 4 dicas para você aproveitar essas datas comemorativas e vender mais:

  1. Expanda a linha de produtos;
  2. Crie promoções para limpar seu estoque;
  3. Contrate colaboradores nas épocas de maior movimento;
  4. Invista no relacionamento com o seu cliente.

Leia e entenda: o que é a sazonalidade de vendas e como ela impacta o seu mercado

4. Invista no bom atendimento

Não há como negar: o bom atendimento pesa e muito na hora H. É um dos fatores mais considerados na hora da pesquisa de satisfação dos clientes.

Da mesma forma que funcionários gostam de se sentirem valorizados pela companhia, o cliente também. Só que, infelizmente, não são todas as empresas que pensam assim. Pelo menos por enquanto. 

Eu acredito que um dia, daremos preferência ao atendimento, o que traz retorno, do que simplesmente “Oi, vendi, tchau!”. A boa experiência de compra envolve atenção, vez ou outra personalização, além de brindes e benefícios que instigam o consumidor a consumar a compra naquele momento.

5. Desenvolva e aplique as estratégias de vendas

Analise e entenda os motivos que fizeram determinado cliente procurá-lo e o que lhe concedeu vantagem perante a concorrência. Lembre-se de:

  • Oferecer o produto ou serviço adequados
  • Para o cliente adequado
  • No momento, com o preço e pelo canal adequado.

Além disso, ouça e entenda o seu cliente e transmita confiança e garantia de que o seu produto / serviço é realmente bom e vale o investimento. Coloque na sua cabeça que, mais importante do que vender uma fortuna, é ter o cliente satisfeito com o que ele adquiriu. 

Conheça as 8 melhores e mais eficazes técnicas de vendas do varejo e elabore um planejamento de vendas para voar cada vez mais alto. Meu amigo, o céu é o limite!

6. Estabeleça uma relação de confiança

A partir do momento em que você entende as necessidades do cliente e as satisfaz, é estabelecida uma relação de confiança. Isso tende a facilitar o processo porque um cliente satisfeito volta e consome outras vezes e cada vez mais da sua marca, principalmente se ele se sentir à vontade com o atendimento recebido.

Saiba como trabalhar com clientes difíceis e transformá-los em clientes satisfeitos. 

Com ética e responsabilidade você conquistará até os clientes mais difíceis.

7. Motive sua equipe

Você sabe por que é tão importante manter uma equipe motivada? A resposta é simples, meu amigo: É a sua equipe que abordará o cliente com entusiasmo e garantirá a conversão da venda.

Um funcionário desmotivado tende a baixar sua produtividade e adivinha? Quem mais sai perdendo nessa situação é você! 

Por isso, ofereça cursos para melhoria no atendimento ao cliente, como negociar diretamente no ponto de venda etc. Compare e comprove: Quanto mais capacitada a equipe, maiores as chances de fechar boas vendas. 

Além disso, proponha metas realistas e que mantenham os vendedores focados no reconhecimento. Comissões diferenciadas, prêmios e feedbacks costumam trazer bons resultados.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Aproveitando que hoje falamos sobre dicas de vendas no varejo, assista a minha live com o Fred Rocha, na qual abordamos o futuro do varejo, além de inovações e estratégias possíveis para melhorar suas vendas.

 

#OSV