Ganhe uma comissão maior do que qualquer vendedor da sua empresa

Você achou esse título interessante? Pois é, quando eu escutei isso também fiquei muito curioso e me fiz a mesma pergunta que você deve estar se fazendo… COMO?

Antes de eu te contar como isso acontece, quero lhe contar como cheguei a esse vendedor.

A algumas semanas estive nos EUA e lá pude entrevistar vários vendedores e gestores de vendas.

Um deles, um brasileiro chamado Bruno, gerente de uma loja da Sprint (uma das maiores empresas de telefonia móvel dos EUA).

Ele havia voltado de um encontro de vendas de East Coast (costa leste dos EUA).

Lá ele havia encontrado um vendedor que havia feito incríveis US$ 25.000 em comissão, quase R$ 85.000 em um único mês… vendendo planos de celular!!!

O mais impressionante é que uma boa comissão para os vendedores desse segmento é em torno de US$ 4.000 dólares.

Muito curioso, perguntei ao Bruno se o rapaz de Nova York contou o que ele fazia para vender tanto.

Ele me respondeu com uma frase: “Thiago, ele não quer vender pra todo mundo, ele quer vender pra quem dá lucro. Ele divide as atividades dele em 4 partes”:

Tem horário para prospectar:

Apesar de trabalhar em um segmento de vendas receptiva, onde o cliente vai até ele, ele separa TODOS OS DIAS, 2 horas por dia para agendar e visitar novos clientes nas empresas.

Naquele horário que ele selecionou, ele não faz nada mais. Não atende telefone, não atende na loja, ele só agenda e visita. Ele não deixa para o final do mês.

Ele não espera ver se vai bater a meta pra depois sair para prospectar. Ele faz isso todos os dias!

O mais interessante é que ele não pega uma lista e liga. Ele só separa as empresas que tem potencial de 35 linhas para cima! Ele quer vender pra quem dá MUITO lucro.

Horário de vendas internas e parte administrativa:

Ele não quer perder vendas e sabe que as visitas de clientes na loja tem um potencial grande, pois já vão com interesse!

Ao mesmo tempo que o trabalho de preenchimento de CRM é indispensável para sua avaliação e consequentemente para seus ganhos, pois estar em dia com sua parte administrativa, é um dos indicadores para uma bonificação maior.

Por isso ele tem seus horário de atendimento na loja que fazem parte do seu ganho base.

Horário para visitas externas:

Ele disse ao Bruno que precisa visitar pelo menos 5 empresas por semana.

Ele disse que esse número é com base nos dias de segunda á sexta, pois de sábado a loja tem um movimento muito intenso e tem muitas empresas que não abrem de sábado.

1 visita por dia! Se ele não consegue na segunda-feira, ele sabe que algum dia da semana ele tem que visitar duas empresas. Mas não termina a semana sem que tenha visitado 5 empresas!

Tem um propósito:

Quando esse vendedor disse seus números, a maioria dos outros vendedores disseram: “uhuuu, agora você vai poder tirar umas férias em Bahamas ou no Hawai!”.

Ele disse que que adora praia, mas o seu objetivo maior era se tornar gerente de distrito. Um dos maiores cargos comerciais na empresa.

Eu fiquei muito feliz em escutar esse case de sucesso. Essa história vai ao encontro do que defendo a muito tempo. Vendedor bom gosta de dinheiro, desafio e propósito.

Esse grande vendedor mostrou também o poder do planejamento em vendas. Trabalhar duro é importante, mas se você não sabe pra onde vai, qualquer vento serve.

Muitos vendedores acham que trabalhar com agenda e tempo para fazer as coisas “engessam” o trabalho deles. Gestão das atividades, preparação antes de sair pra vender, foco em quem dá lucro… tudo isso é LIBERTADOR!

Trabalhar com afinco é importante, mas tão importante quanto trabalhar muito é saber o que faz!

Dwight David Eisenhower, general 5 estrelas do exército Americano e presidente dos EUA disse sobre planejamento:

“Antes de sair para a batalha, planejamento é tudo. Depois que o tiroteio começa, planejar é inútil!”

Sucesso, boas vendas e vamos levar a frente nosso movimento #OrgulhoDeSerVendedor.