Fala meu amigo gestor e minha amiga gestora, como vai? Fico muito feliz em saber que você está interessado em conhecer mais sobre a profissão de vendedor, aquela que move o mundo, e fortalecer o nosso movimento #OSV – Orgulho De Ser Vendedor.

Em minhas experiências com diversas equipes de vendas por todo o Brasil, percebi que existem sim diferentes tipos de vendedores e cada um apresenta suas próprias características e qualidades. Neste texto vou apresentar para você os principais tipos de vendedores, as vantagens de cada um deles e como podem contribuir com sua equipe de vendas.

Quais dos tipos de vendedores sua empresa precisa?

Sim amigo, poucos gestores fazem esta pergunta antes de iniciar o processo de contratação, mas é de fundamental importância definir quais os tipos de vendedores que sua empresa precisa.  Isso pode fazer com que o processo acabe impreciso e muitas vezes mais trabalhoso do que deveria ser.

 A maioria dos gestores contrata por currículo e manda embora de acordo com atitudes. Talvez você, conhecendo melhor o movimento Orgulho De Ser Vendedor, possa nos ajudar a mudar esta realidade, e contratar os vendedores de acordo com as atitudes deles.  

Faça perguntas baseadas em situações do cotidiano de sua empresa, para analisar como o funcionário se sairia e analise as respostas, como por exemplo:

– Como você procede se um cliente pedir um desconto grande?

– Você percebe que não vai conseguir bater a meta do mês, o que você faz?

– Um cliente não atende suas ligações, ou está ignorando você, como proceder?

Enfim, estipule algumas perguntas que sejam relevantes para sua empresa e demonstrem situações reais, assim você já vai poder avaliar as qualidades do futuro vendedor bem mais facilmente.

Conheça os tipos de vendedores mais incríveis para sua empresa

Agora que você já analisou um pouco melhor o mercado em que sua empresa está inserida, é hora de conhecer os tipos de vendedores que encontramos em nosso mercado hoje. Perceba que cada um deles tem sua própria característica e poderá ser um aliado importante para sua empresa e equipe.

1) Vendedor Amigão: Este é um dos tipos de vendedores mais comuns no mercado e que ganha destaque, pois sua facilidade em se comunicar e criar uma empatia com o cliente faz com que consiga converter muitas de suas vendas. Este tipo de vendedor é muito comunicativo e cria realmente uma aproximação muito rápida com o cliente. Ele geralmente não tem tanto conhecimento técnico sobre o assunto, mas compensa este fato com sua aproximação.

Um dos principais problemas deste tipo de vendedor é que ele pode perder o foco, transformando o lead em um amigo, em vez de fazer com que ele vire um cliente.

O gestor precisa relembrar este tipo de vendedor das metas que precisam ser batidas e cuidar com os índices de conversão de venda, já que ele tende a passar muito tempo com cada um de seus clientes.

2) Vendedor Especialista: Este tipo de vendedor conhece tudo sobre seu produto e tem um bom conhecimento de mercado. Ele consegue passar para o cliente várias informações técnicas e aplicações para o produto, mas tem um pouco mais de dificuldade para lidar com pessoas. Por conhecer muito bem o produto, este tipo de vendedor ganha destaque em empresas que necessitam de um conhecimento profundo sobre o tema, como empresas automobilísticas e algumas de tecnologia, por exemplo.

Você precisa sempre observar como está o contato deste vendedor com o cliente e garantir que, além dos conteúdos técnicos, ele também tenha simpatia e trate bem seus leads.

3) Vendedor Tecnológico: Utiliza diversas tecnologias para entrar em contato com seu lead. Seu negócio é o follow up de vendas, onde envia mensagens por whatsapp, e-mail e outros recursos para tirar as dúvidas do cliente e avançar o processo de venda. Este tipo de vendedor tem dificuldade na abordagem para iniciar, principalmente se ela é feita pessoalmente, mas como consegue se comunicar bem pela internet, ele acaba sendo uma ótima opção para empresas de tecnologia.

Portanto você, gestor, deve ficar atento principalmente com relação ao contato inicial, já que o vendedor tecnológico é por definição uma pessoa mais introvertida.

4) Vendedor Velocista: Este é um dos tipos de vendedores muito comuns no comércio de rua e em estabelecimento que atendem uma grande quantidade de pessoas. O velocista não tem grandes preocupações com educar e avançar na etapa de vendas do lead. O lance dele é atender quem entrar pela loja e oferecer aquilo que a pessoa está procurando. As vendas são rápidas e quando precisa ele atende mais de um cliente ao mesmo tempo. Este tipo de vendedor deve ser contratado por uma empresa que necessite, de fato, destas características específicas, já que ele possui algumas limitações com relação ao conhecimento sobre o produto.

Tanto você gestor, quanto o gerente e o resto da equipe de vendas, precisam ficar de olho no velocista, já que ele pode dar atendimentos incompletos para múltiplos clientes, o que acaba causando frustrações e até desistências.

Tipos de vendedores que você deve evitar

Agora que você já conhece os vendedores que podem compor sua equipe, vou te apresentar os vendedores que você deve evitar:

– Vendedor Bonzinho não vende: Toda vez que eu falo isso, muita gente fica de cabelo em pé, pensando que estou dizendo que o vendedor tem que ser insistente ou não tratar seu cliente com educação, mas não é nada disso. O que quero dizer é que o vendedor não pode se acomodar e nunca deve se acostumar a ouvir o não. Se o vendedor percebe que o cliente está interessado em fazer a compra, seu preço é bom e mesmo assim ele inventa desculpas, é necessário saber argumentar com firmeza e conduzir a compra para outro estágio.

– Vendedor Medroso: O vendedor medroso é ainda pior que o vendedor bonzinho, pois ele não chega nem a oferecer os produtos ou fica com medo de fechar a venda. Este problema é bem comum com quem está começando na carreira ou ainda tem pouca experiência profissional.

– Vendedor seguro de si: Ele acha que sabe absolutamente tudo sobre tudo, mas não estuda sobre o produto e nem sobre o cliente. Este vendedor é um dos mais difíceis de treinar, pois geralmente ele não aceita bem as críticas e sugestões e acha que não teve nenhuma culpa nas vendas que não foram fechadas. Ao contrário do medroso, este vendedor tem mais experiência e por isso se recusa a estudar e adquirir novos conhecimentos.

Por sorte, os vendedores que devem ser evitados podem ser treinados, já que muitas de suas inseguranças são consequência da falta de informação sobre o produto, mercado e como conduzir a venda.

Então é isso meu amigo, em resumo, neste texto conversamos um pouco sobre os tipos de vendedor e quais deles podem ter um impacto positivo e seu negócio. Além disso apresentei para você algumas técnicas para que seu processo de contratação seja mais rápido e preciso e também conhecemos aqueles vendedores que devem ser evitados a todo custo.

Gostou deste artigo? Conhece algum dos tipos de vendedores que apresentamos? Deixe seu comentário abaixo, não esqueça também de curtir e compartilhar este artigo em suas redes sociais! Lembre-se sempre: Orgulho De Ser Vendedor, a profissão que move as empresas e o mundo!