Plano de metas: saiba como organizá-lo para seu time

plano de metas

Olá, meu amigo gestor e minha amiga gestora. Você já parou para refletir sobre a importância de um plano de metas para sua equipe de vendas? Quando falamos de negócios, definir objetivos e metas é o primeiro passo para alcançar novos patamares.

Levando isso em consideração, a elaboração de um plano de metas precisa fazer parte da lista de prioridades de um gestor. Principalmente se atua no setor de recursos humanos ou marketing do negócio.

Caso você estiver precisando alinhar as rotas de ações da sua equipe de vendedores, essa é hora de estabelecer um plano de metas ao seu time! Neste artigo vou te ensinar como fazer isso de maneira eficiente. Acompanhe a leitura!

Afinal, por que fazer um plano de metas?

Planejamento estratégico é definido como um processo que viabiliza a determinação dos objetivos de um negócio. Durante a execução desse procedimento, o gestor começa a identificar formas, ferramentas e ações que vão possibilitar a chegada ao patamar esperado. Tudo isso contando com uma perspectiva temporal de médio e longo prazo.

Resumindo, o plano de metas pode ajudar você a definir os propósitos e as estratégias que a sua equipe de vendas executará para alcançá-los, considerando o ponto de partida e determinando quais serão as necessidades dessa equipe para atingir esses objetivos.

O plano de metas também viabiliza aos gestores de vendas uma visão geral da realidade do time e dos lugares que a empresa quer chegar em um tempo determinado. Assim, seguindo essas estratégias, o empreendedor pode definir medidas assertivas e duradouras.

Um plano estratégico analisa todas as ações que o negócio realiza e possui capacidade de realizar, além de filtrar aquilo que realmente é importante para aquele momento em estudo. Essa análise é necessária para que os líderes saibam onde gastar tempo, esforço da equipe e investimento.

Como montar um plano de metas?

Para lhe ajudar, separei aqui, neste tópicos, algumas etapas necessárias na organização de um plano de metas. Essa estratégia é feita em processo e vai exigir dos executores total atenção e comprometimento dessas dicas. Saiba agora como montar um plano de metas eficiente:

Analise a realidade da empresa

Meu amigo gestor e minha amiga gestora, antes de estabelecer as metas da sua equipe de vendas, é necessário analisar a realidade em que se encontra o seu negócio. Assim, nessa etapa, é importante construir um panorama das atividades já colocadas em prática pela empresa. Busque o crescimento e verifique se os resultados disso foram realmente alcançados.

Um outro ponto importante para desenvolver o plano com êxito é compreendendo quais são os atributos fortes e fracos da empresa e da equipe que promove as atividades por ela propostas.

É necessário ressaltar que aqui vale a pena envolver outras pessoas durante a análise geral do negócio. Portanto, considere a complexidade dessa ação. Uma boa ideia é convidar os gestores de departamento para participar e contribuir informando a realidade de seus setores respectivos.

Estabeleça metas alcançáveis

Após ter levantado dados sobre as condições e realidades da sua empresa, comece a pontuar as metas que serão alcançadas.

Para isso, enxergue o cenário que espera construir para o negócio, determinando a data ou período que pretende alcançá-lo, desde curto a longo prazo. Assim, será possível descobrir ideias claras sobre a rota que precisará ser percorrida.

É válido lembrar, meu amigo gestor, que essas metas precisam condizer com a realidade da sua empresa e também com as condições do seu time. Por isso, não determine algo inalcançável. É pura perda de tempo e uma fonte de desmotivação para sua equipe. Estabeleça processos e viva de superações.

Defina como alcançar

Tão importante quanto saber onde se quer chegar, é saber como chegar lá. Esta etapa consiste em definir as medidas e estratégias que vão levar sua empresa aos objetivos almejados. Dessa forma, quando chegamos neste momento, é essencial pensar em ações que estarão dentro das possibilidades da empresa. Principalmente se elas exigirem investimento financeiro. É válido que sejam colocados prazos para executar tais ações.

Envolva seu time de vendas

Após ter estabelecido as metas e ações para alcançá-las, é necessário agora inserir no coração da sua equipe tudo o que você descobriu para que essas estratégias sejam enfim colocadas em prática. A minha dica é que você apresente as metas gerais. Posteriormente, delegue metas individuais avaliando as condições e potenciais de cada integrante.

Para que todos os funcionários estejam aptos a desenvolver as estratégias planejadas, não se esqueça de investir na capacitação e em uma comunicação interna alinhada.

Analise os resultados

Agora que você já colocou em práticas todas as ações planejadas, chegou a hora de conferir os resultados obtidos. Esse momento é essencial para que o plano de metas saia como projetado. Essa avaliação deve ser feita regularmente. Dessa forma, a empresa pode revisar o projeto e alterar qualquer etapa, caso seja necessário.

Como um plano de metas vai impactar meu time de vendas?

Diretamente na produtividade, meu amigo gestor. Isso mesmo, na entregas dos resultados frutos dos esforços aplicados pela empresa sobre a equipe. Uma das grandes dores dos gestores é como fazer sua equipe realmente gerar resultados eficazes. O passo inicial para isso é estabelecendo um plano de metas.

Isso acontece porque essa estratégia funciona como um mapa direcional, que mostra exatamente o que fazer para ser assertivo. Durante a minha carreira como consultor de vendas pude analisar que vendedores improdutivos nem sempre são incapazes, às vezes eles só não sabem o que fazer e como fazer.

Essa dificuldade foi sanada quando apresentei a esses profissionais a estratégia do plano de metas e tudo mudou, assim como mudará na sua empresa também.

Se quiser aprender ainda mais, inscreva-se no meu canal no YouTube e receba gratuitamente a notificação de todos os meus novos conteúdos. Até mais!

Leia Mais

Gestão de alta performance: 5 dicas que ninguém te contou

gestão de alta performance

Se você está lendo este artigo, provavelmente deve ser um gerente de vendas que precisa ver novos resultados chegarem, certo? Pode ter certeza que até o final do texto você terá esclarecido alguns pontos que jamais ouviu falar sobre gestão de alta performance. Prepare-se para formar um time de sucesso!

Para isso, abordarei aqui vários aspectos de uma gerência em vendas, como:

  • e-learning;
  • controle periódico de estratégias;
  • o poder das lições de casa;
  • a emoção do varejo;
  • troca de experiências.

Portanto, cada um desses pontos serão uma via de acesso para o sucesso de vendas da sua empresa e, se nesses dias isso tem parecido um sonho utópico demais, fique tranquilo, as coisas podem mudar se estiver atento e disposto a se manter disciplinado em cada uma dessas dicas.

O que é Gestão de Alta Performance?

Um conceito ainda novo para as empresas brasileiras, a gestão de alta performance é um modelo de gestão flexível, limpo e mais humanizado, com foco nas relações colaborativas em ambiente de trabalho e no aprendizado em grupo.

De acordo com essa perspectiva, o método de gestão de alta performance cria um diferencial sem precedentes para a instituição. E, o melhor: tudo isso acontece de forma fluída, no cotidiano das práticas da empresa.

Assim, esse modelo é recente e já promoveu uma nova cara para muitos negócios tradicionais. O impacto da gestão de alta performance é diretamente ligado ao corpo colaborativo. Esse método acredita no recurso humano como principal fonte de sucesso.

Pessoas precisam ser moldadas, aperfeiçoadas. Por isso, meu amigo gestor e minha amiga gestora, um dos princípios das empresas que aplicam a gestão de alta performance é a capacitação do time que integra os setores do negócio.

Por que é importante?

Levando em consideração as inúmeras transformações que as relações de trabalho sofreram, a importância da gestão de alta performance está exatamente na adaptação a uma nova forma de enxergar o funcionário e suas potencialidades.

Essa forma de gestão visualiza nas pessoas oportunidades. Dessa forma, o líder (gestor) é responsável por ter essa visão estratégica, que vai além de uma condição de momento. Líderes precisam enxergar o que ninguém mais enxerga e, num setor de vendas, seu colaborador pode ser uma máquina de novos negócios se você puder lapidá-lo.

Com isso tudo aprendi que: o líder que não vê soluções em seu time, não enxerga resultados para sua empresa. É muito simples! Ou melhor dizendo, parece ser muito simples.

Como se comporta um líder que aplica a gestão de alta performance?

Acredito que esse seja o primeiro passo necessário para a mudança de resultados dentro de um time: a mudança no líder. Todos sabemos que não há nada mais poderoso do que a influência e, pensando nisso, resolvi falar um pouco como se comporta um líder de alta performance no mercado de vendas.

  • Na rotina: no dia a dia, o líder de alta performance é disciplinado e encorajado. Essas palavras o define, pois, por meio delas, ele projeta resultados que inspiram seu time e mantém as pessoas sempre confiantes no propósito coletivo da empresa;
  • Nas decisões: quando o assunto é decidir algo, esse profissional é extremamente democrático, escuta a opinião dos vendedores e filtra tudo o que for bom para o alcance das metas;
  • Nos conflitos: nesses momentos, o gestor de alta performance tem sabedoria para encontrar as raízes que provocaram tal situação e, por meio de ações de mudança nesses fatores, ele é capaz de consertar aquilo que foi prejudicado;
  • Nas frustrações: quando erra, o líder se posiciona de maneira otimista. Não dá para acertar o tempo todo, mas aprender sim. Para um gestor de alta performance em vendas, tão bom quanto saber o que fazer é saber o que não fazer;
  • No alcance de metas: o time bateu as metas do mês? O gestor de alta performance sabe exatamente o que é necessário: recompensa. Colaboradores não fazem apenas o que lhes é pago, eles fazem por merecer. Valor agregado ao ambiente organizacional é um princípio para esse tipo de líder.

Mas afinal, como ser um gestor de alta performance?

Agora que você já sabe como se comporta um gestor de alta performance, vou citar algumas dicas de como aplicar a gestão de alta performance e, consequentemente, vender mais, influenciar melhor o seu time e atingir resultados ainda não alcançados.

1. E-learning: conheça seu produto de trás para frente

Na hora de vender, algo inquestionavelmente necessário é o conhecimento completo sobre o produto ou serviço oferecido. Seus colaboradores precisam saber tudo sobre o que eles estão comercializando.

Portanto, isso gera segurança e determinação positiva. Na hora de mostrar ao cliente as vantagens da aquisição, não haverá dúvidas capazes de impedir uma apresentação matadora. Isso é válido também para que o profissional antecipe as possíveis objeções do comprador e saiba como solucioná-las.

2. Conheça as necessidades da empresa  

Nesse ponto é necessário refletir sobre o olhar analítico do gestor de alta performance. Esse profissional precisa vislumbrar todo o time e identificar suas particularidades, necessidades, potencialidades e, sobretudo, as mudanças necessárias.

Por isso, é importante que o desenvolvimento do setor seja constante, sempre inovando e promovendo um ambiente de trabalho adequado para geração de bons resultados.

3. Indique ações que auxiliem seus clientes

Assim, sempre que seu cliente demonstrar interesse pelo seu produto, a melhor coisa é deixá-lo com uma liçãozinha de casa. Portanto, amigo gestor, indique atividades que possam contribuir para o fechamento do negócio. Às vezes um filme, um artigo, um e-book, algo que tenha relação com a necessidade dele diante das vantagens do seu produto ou serviço.

4. Mostre a emoção do varejo

Ao embarcar no mercado varejista, é necessário compreender que este setor é emoção a todo tempo. Encantar, chamar atenção, disputar um cliente, estimulá-lo ao uso, convencê-lo da necessidade, tudo isso são coisas que um vendedor varejista encara diariamente.

Assim, essa emoção exige habilidades e competências do profissional. Por isso, se prepare para tudo. Faça cursos, vá a treinamentos, desenvolva-se como profissional e ser humano. Seus resultados serão muito mais expressivos.

Até porque o varejo é feito para pessoas e somente uma pessoa é capaz de tocar na alma de outra.

5. Troque experiências sobre seu segmento

Portanto, busque saber como o seu mercado evolui. Esteja sempre fortalecendo seu networking com gestores de outras empresas, conhecendo seus desafios e compartilhando seus conhecimentos profissionais.

Assim, espero que tenha compreendido cada uma dessas dicas e que elas possam impactar positivamente seu dia a dia como gestor de alta performance.

Se quiser aprender ainda mais, inscreva-se no meu canal no YouTube e receba gratuitamente a notificação de todos os meus novos conteúdos. Até mais!

Leia Mais

Como motivar uma equipe de vendas pode triplicar resultados

como motivar uma equipe

Aposto que se você chegou até esse texto é porque sua equipe de vendas tem entregado um resultado bem abaixo do esperado, certo? Uma das principais explicações para essa queda repentina nos números no final do mês é a falta de motivos que o vendedor encontra para dar o sangue para conquistar novos clientes e dedicar horas de estudos às técnicas de vendas. Por isso, nesse artigo mostrarei para vocês como motivar uma equipe de vendas pode melhorar o desempenho e em quais momentos é possível colocar essas ações em prática dentro da sua empresa.

Leia Mais

4 técnicas de negociação para superar a meta de vendas

técnicas de negociação

Você parou para analisar os desafios que os seus vendedores encaram na hora de fechar um novo contrato? Sabemos que para a efetividade das vendas, é imprescindível uma boa comunicação e embasamento, mas há técnicas de negociação fundamentais para o sucesso das vendas.

Portanto, neste artigo iremos abordar as 4 principais técnicas de negociação que eu ensinei aos milhares de gestores que já palestrei. Pois, confio que, assim como eu, a sua empresa também pode alcançar níveis históricos de resultados.

Então, confira tudo nos tópicos abaixo!

Leia Mais

Juniorização: importância de mindset jovem na empresa!

Juniorização

Fala meu amigo gestor e minha amiga gestora. Tudo bem contigo? Hoje, quero conversar com você sobre um assunto muito importante: a Juniorização. Entender o que é esse fenômeno e como lidar com ele pode trazer motivação e dinamismo para sua empresa. Mas, se o jovem não receber capacitação e acompanhamento dos mais experientes, isso pode representar um risco aos negócios. Acompanhe para compreender essa nova realidade!

Leia Mais

Ciência de vendas é o que vai alavancar o seu negócio!

ciência de vendas

Muita gente acha que vender é um dom e que é coisa de quem já nasceu com aquele ar cativador, que encanta a todos e resulta na compra. Pode até ser, para uma minoria, quem não faz parte desse número precisa contar com a ciência de vendas. Por isso, se é você é um vendedor que não bate meta; não anda fechando novos negócios ou conseguindo novos clientes, eu tenho uma boa notícia!

Leia Mais