Fala monstro, fala monstra! Como vai? Você sabia que entender o que é rapport é uma das principais maneiras de criar boas estratégias de vendas?

Essa é uma técnica importante que visa o bom relacionamento do vendedor com os seus clientes — e, através disso, conseguir melhores resultados.

Ou seja, é o que todos nós buscamos para ser um vendedor monstro e bater as nossas metas, não é mesmo? Por isso, tão importante quanto saber o que é rapport, é conhecer as suas técnicas e, principalmente, entender como criar rapport. 

E já que eu sei que você está aqui para aprender sempre mais, então vamos abordar um pouco mais sobre cada um desses temas agora mesmo! Continue a leitura para descobrir mais.

Afinal, o que é rapport?

Rapport é uma expressão que vem do francês e está relacionada à ligação entre duas coisas. Ou seja, a técnica de rapport envolve criar uma relação de sintonia, em um relacionamento harmonioso entre duas pessoas.

E por que isso é tão importante para as vendas? Para ser um vendedor monstro, é essencial que você tenha uma boa relação com os seus clientes. Mais do que isso, que os dois tenham uma relação de confiança.

Qual a importância do rapport nas vendas?

Já deu para perceber a sua importância, não é mesmo? Saber o que é rapport e como criar um, te auxilia diretamente no relacionamento e na experiência do seu cliente. E isso são pontos-chave quando falamos sobre a sua satisfação.

Além disso, a questão da confiança entre o vendedor e cliente traz uma nova questão, que é a possibilidade de você poder indicar aquilo que o seu cliente precisa com os seus próprios produtos e serviços.

E como criar rapport?

Agora que você já sabe o que é rapport e conhece a importância das suas técnicas para as vendas, vamos entender melhor como criar rapport com o cliente, indo muito além de uma mera conexão.

1. Estude o seu cliente

Parece óbvio, não é mesmo? Mas é essencial que você conheça o seu cliente, saiba para quem está ligando e quem é a pessoa ou empresa que você está tentando vender os seus produtos e serviços.

Esse é um primeiro passo essencial e eu já falei sobre a sua importância anteriormente. Isso permite que você entenda quem é a pessoa e a partir disso, personalize o seu discurso.

Além disso, a partir do momento que você conhece o seu cliente, consegue oferecer as melhores opções para ele — já que entende quais são as suas maiores dores. Pode acreditar que isso vai ter toda a comunicação muito mais assertiva.

2. Crie uma conexão

É importante que você busque pontos em comum entre você e o seu cliente, mesmo aqueles que fujam ao mundo dos negócios, como: futebol, música, viagens ou comidas. A lista é extensa, o importante é encontrar um ponto de conexão entre os dois.

Isso tudo porque relacionar-se com alguém é a base para que uma relação de confiança seja construída. Uma boa maneira de fazer isso é fazendo perguntas. Isso te ajuda a conhecer mais o seu cliente, saber quais são os seus gostos e, o melhor de tudo: tem um poder estimulatório.

Além disso, essa é uma das principais maneiras de demonstrar interesse. Mas não esqueça que deve ser genuíno e natural, certo? Afinal, a construção dessa relação também deve ser.

Não adianta forçar perguntas aleatórias durante a conversa e muito menos obrigar alguém a criar uma conexão com você, não é mesmo? Por isso, o grande segredo do vendedor monstro é ter empatia para que essa relação apareça de maneira natural.

Veja também: As 5 leis do marketing de relacionamento para vendedores

3. Tenha um bom fluxo no diálogo

Já falamos sobre a importância em ter um bom script de vendas e você também pode montar um roteiro, principalmente no começo quando você estiver entendendo mais sobre como criar rapport. Mas o importante é tentar fazer com que a comunicação seja o mais fluida possível.

Ou seja, que se pareça com uma conversa de verdade! Para isso, meu amigo, você pode utilizar uma das técnicas de rapport, conhecida também como espelhamento.

Ela permite que você adapte a sua linguagem verbal e até mesmo a sua postura de acordo com a maneira que o seu cliente fala e se comporta. Afinal, temos diferentes tipos de clientes e o importante é saber se comunicar com cada um deles. 

Qual é a intenção disso tudo? Criar uma empatia natural, já que os dois podem se colocar como iguais nessa relação.

4. Gere valor

Para ser um vendedor monstro você precisa saber gerar valor para o produto ou serviço que vende. Essa é a única maneira que alguém vai ter confiança em comprar algo de você!

Para fazer isso de maneira satisfatória aos seus clientes, é interessante que você os conheça bem. Dessa maneira, você consegue gerar valor a partir das necessidades e dores que cada um tem.

Outra dica é lembrar da importância do pós-venda. Afinal, você com certeza criou altas expectativas no seu cliente a respeito do seu produto, principalmente se você gerou valor. Agora que você mostrou a solução, é essencial garantir o resultado, não é mesmo? 

Por isso, não deixe de entrar em contato após concluir a venda, isso também auxilia diretamente no relacionamento e na confiança entre os dois.

Leia também: Como abordar clientes? Conheças as principais técnicas de abordagem em vendas

5. Mostre que você se importa

E a verdade é que você deve se importar com cada cliente que chega até você, indo muito além do pensamento de apenas vender. Afinal, se você quer ser um vendedor monstro, é fundamental se relacionar com cada um deles.

Essa é uma das principais maneiras de fidelização de clientes, o que pode te trazer novos, graças às indicações que você com certeza irá receber. Ser amigável e criar um bom ambiente durante a comunicação de vocês é essencial para toda essa relação.

Utilize o rapport com outras técnicas

Vendedores monstros nunca estão satisfeitos, não é mesmo? Por isso, uma das principais maneiras de vender mais é conciliando diferentes estratégias.

Por isso, eu digo: grandes vendedores utilizam rapport junto com outras técnicas de vendas. Incrível, não é mesmo? Afinal, não precisamos estar presos em uma ou outra metodologia, mas o importante é criar aquela estratégia que funciona para você!

E para estar sempre por dentro das maiores técnicas de vendas, então você precisa conhecer o meu livro “Vendas não acontecem por acaso”. Ouse aprender e evoluir cada vez mais com dicas que vão te levar a bater metas e ir ao próximo patamar.

Você não vai ficar de fora dessa, não é? Então não perca mais tempo e adquira já o seu.